pré requisitos para doar plaquetas

Pré-requisitos para doar plaquetas

Introdu??o
A doa??o de plaquetas é um procedimento médico muito importante, pois essas pequenas células s?o essenciais para a coagula??o do sangue. Através da doa??o, indivíduos saudáveis podem ajudar pacientes que sofrem de doen?as que afetam a capacidade de produ??o dessas células pelo corpo. No entanto, assim como em qualquer doa??o sanguínea, existem pré-requisitos que devem ser seguidos para garantir a seguran?a tanto do doador quanto do receptor. Neste artigo, discutiremos os principais pré-requisitos para doar plaquetas.

Anemia e hemoglobina
Um dos principais pré-requisitos para doar plaquetas é n?o ter anemia. A anemia é uma condi??o na qual o corpo possui uma quantidade insuficiente de glóbulos vermelhos ou hemoglobina, que é a proteína responsável por transportar oxigênio pelo sangue. Antes da doa??o, o doador terá sua hemoglobina testada e esta deve estar dentro de limites estabelecidos pelas autoridades de saúde.

Idade mínima e máxima
Outro fator importante a ser considerado é a idade do doador. Geralmente, a idade mínima para doar plaquetas é de 18 anos, porém, em alguns países, pode variar para 16 ou 17 anos com a autoriza??o dos pais ou responsáveis legais. Quanto à idade máxima, essa também pode variar, mas geralmente está em torno de 60 ou 65 anos. Isso ocorre porque, com o envelhecimento, a produ??o de plaquetas no corpo tende a diminuir e, portanto, a capacidade de doa??o também pode ser afetada.

Peso e altura
O peso e a altura também s?o fatores importantes que determinam a elegibilidade para a doa??o de plaquetas. O doador deve ter um peso mínimo estabelecido por regulamenta??es de saúde, geralmente em torno de 50 kg, para garantir que a quantidade de sangue retirada n?o afete a estabilidade hemodinamica do indivíduo. Além disso, a altura também pode ser um fator determinante, pois está relacionada à propor??o do volume sanguíneo que será retirado durante o procedimento.

Doen?as sexualmente transmissíveis e outras condi??es médicas
Indivíduos com doen?as sexualmente transmissíveis ativas, como HIV, hepatite B e C, entre outras, n?o s?o elegíveis para a doa??o de plaquetas. Além disso, algumas condi??es médicas, como cancer, doen?as autoimunes, diabetes descontrolado e hipertens?o arterial, também podem impedir a doa??o. é importante informar corretamente todas as condi??es de saúde antes do procedimento, a fim de garantir a seguran?a tanto do doador quanto do receptor.

Uso de medicamentos
Alguns medicamentos podem interferir no processo de coagula??o do sangue, o que pode afetar a qualidade das plaquetas doadas. Portanto, é essencial informar ao profissional de saúde quaisquer medicamentos que estejam sendo utilizados. Medicamentos anticoagulantes, como a aspirina e varfarina, geralmente s?o contraindicados para a doa??o de plaquetas.

Intervalo entre as doa??es
Por fim, o intervalo entre as doa??es de plaquetas também é um fator importante a ser considerado. Como a doa??o de plaquetas é um procedimento que retira apenas essa parte do sangue e devolve as demais, o organismo leva algum tempo para se recuperar totalmente. O intervalo recomendado entre as doa??es é geralmente de 2 semanas, permitindo que o corpo tenha tempo suficiente para repor e reestabelecer o número adequado de plaquetas.

Conclus?o
A doa??o de plaquetas é um ato de solidariedade e pode salvar vidas. No entanto, é essencial que o doador atenda aos pré-requisitos estabelecidos pelas autoridades de saúde para garantir a seguran?a tanto para si mesmo quanto para o receptor. As informa??es mencionadas neste artigo s?o apenas diretrizes gerais e podem variar de acordo com as regulamenta??es de cada país. Portanto, é sempre importante buscar orienta??o de um profissional de saúde antes de realizar a doa??o.